Viver Bem

Seg, 21/01/2019 | Atualizado em: 21/01/2019 às 05h02


Viver Bem

Torneio do incentivo

Nágila Santana
A+ A-

Homens que se submeteram à cirurgia bariátrica, recuperaram a saúde e a forma física e já conseguem praticar atividades físicas são os convidados para o próximo torneio de futebol do Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade (NTCO), neste sábado (26).

O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de hábitos saudáveis, a fim de prevenir a obesidade e o sobrepeso.

"A proposta é promover a saúde, qualidade de vida e o bem-estar através do estímulo à prática de atividades físicas e desportivas. Além da melhora da autoestima", afirma o cirurgião bariátrico Leornardo Vinhas.

O grande desafio do paciente após a cirurgia bariátrica é se manter no peso adequado. É o que conta o analista de desenvolvimento de sistemas, Manuel de Oliveira Junior.

"A prática de atividades físicas é fundamental para qualquer ser humano, principalmente quando passamos por esse tipo de cirurgia. Manter o peso adequado é uma tarefa diária que temos que enfrentar. O exercício nos ajuda bastante. Esse torneio é um incentivo muito importante para nós, pois, quando ganhamos peso, somos excluídos de muitas atividades. Com esse espaço, podemos demonstrar o nosso talento", conta o analista de 31 anos, que perdeu mais de 50 quilos e está contente e entusiasmado com a proposta.

Para o educador físico Eric Simas, a prática de esportes é uma das principais aliadas na prevenção da obesidade e das inúmeras doenças associadas ao excesso de peso. "Sempre recomendo que a pessoa escolha uma modalidade esportiva que a agrade para praticar. O futebol, por exemplo, é uma ótima alternativa para aqueles que não gostam de exercícios físicos como musculação ou rotinas de academia", ressalta.

Dentre os benefícios, o principal é a manutenção da qualidade de vida. "Além de ajudar na prevenção e controle das enfermidades causadas pela obesidade, essa prática, quando aliada a uma alimentação saudável e acompanhamento do profissional, melhora em 100% a recuperação do paciente", conta Eric.