Esporte

Sáb, 05/01/2019 | Atualizado em: 05/01/2019 às 05h01


Esporte

Chegou! Thales quer criar raízes e fazer história na Toca

Amanda Souza*
A+ A-

Chegou - agora oficialmente - um reforço para o setor mais crítico do Leão: o sistema defensivo. O zagueiro Thales, de 25 anos, acertou com o Vitória e vai defender as cores do clube por, pelo menos, uma temporada.

Depois de amargar um ano complicado em relação à defesa, o Leão precisaria reconstruir sua fortaleza. Segundo Thales, ele chegou para ajudar. "Tenho experiência e muito trabalho. Dentro de campo vou dar o meu melhor", disse.

Ainda de acordo com o jogador, o setor precisa de alguns cuidados que dependerão de todo o elenco. "Eu sozinho não serei a solução, e sim o grupo. Temos que ter um sistema defensivo compacto e coeso para não sofrer tantos gols", destacou.

Thales foi criado nas divisões de base do Internacional e teve passagens por clubes como Atletico Goianiense, Bahia e pelo próprio Colorado. Apesar disso, não conseguiu criar uma identificação com nenhum time até hoje. Este pode ser o momento. "A gente tem que criar raízes em algum lugar. E eu espero criar aqui no Vitória, um clube excelente e, quem sabe, ser um ídolo da torcida", projetou.

O defensor esteve no elenco profissional do Inter quando os gaúchos disputaram a Série B. Com experiência no ramo da segunda divisão, ele lembra que é preciso muito trabalho para subir. "Já que aconteceu, temos que ser profissionais. Vamos brigar pelo acesso e tem que ter muita seriedade no trabalho para que as metas sejam concretizadas", completou.

Assim como o treinador Marcelo Chamusca, o atleta tem certa experiência com acessos. "Por onde passei consegui o acesso. Acredito que a experiência que tenho vai ajudar", garantiu.

O jogador chegou a trabalhar com Jorge Macedo, diretor de futebol do Vitória, quando os dois ainda estavam no Inter. Para ele, esta dupla tem tudo para dar certo. "O Jorge me conhece há algum tempo, trabalhei com ele bons anos no Inter e tenho certeza que aqui não vai ser diferente", contou.

Já o diretor comentou sobre a chegada de novos atletas e reforçou que o calendário obriga os times a terem boas equipes. "Para que tenhamos uma temporada com êxito, a gente precisa ter uma equipe de qualidade", afirmou.

De acordo com Macedo, o clube analisará oportunidades de negócio e vai avaliar a equipe sub-23, que iniciará as competições este ano. "Vamos avaliar com calma e, se houver oportunidades de negócio, vamos fazer", assumiu o dirigente.

*Sob a supervisão do editor Léo Santana