Nas Ruas

Qua, 02/01/2019 | Atualizado em: 02/01/2019 às 05h02


Nas Ruas

Voluntários contra a sujeira marítima

Catarina Lopes*
A+ A-

A tradição de passar a virada do ano na praia é forte entre os soteropolitanos, mas isso pode trazer problemas se o lixo produzido não for bem descartado. Segundo a Rede de Especialistas de Conservação da Natureza, 289 toneladas de lixo foram recolhidas entre São Tomé de Paripe e Ipitanga na virada de 2017 para 2018, peso de nove baleias jubarte adultas.

Para ajudar na limpeza das praias, existem voluntários como o Fundo da Folia, que desde 2009 realiza limpezas nas praias antes de eventos grandes da capital.

* Sob a supervisão do jornalista Luiz Lasserre