Plantão

Qui, 27/12/2018 | Atualizado em: 27/12/2018 às 05h02


Plantão

Ex-governador é executado com tiro

Das Agências
A+ A-

O ex-governador do Espírito Santo Gerson Camata, 77 anos, foi morto na tarde de ontem, em Vitória (ES). Ele recebeu um tiro no pescoço e não resistiu.

O autor do disparo é ex-assessor e foi preso logo após o crime no mesmo bairro. Camata esteve a frente do Estado nos anos 1980 e foi eleito senador por três mandatos. O crime foi cometido na Praia do Canto, bairro nobre da capital capixaba.

O autor é Marcos Vinícius Moreira Andrade, 66, que trabalhou com Camata por 20 anos. De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Nylton Rodrigues, o assassinato teria sido motivado por uma ação judicial, movida pelo ex-governador contra seu ex-assessor. "A motivação do crime é uma ação judicial. Esse ex-assessor teve R$ 60 mil bloqueados em sua conta. (Nesta quarta), na Praia do Canto, o autor do crime foi tirar satisfação ao encontrar Camata na rua. Neste encontro, iniciou-se uma discussão verbal, quando Marcos sacou uma arma e efetuou os disparos", narrou Rodrigues.