Plantão

Qui, 27/12/2018 | Atualizado em: 27/12/2018 às 05h02


Plantão

Médium diz que não lembra de mulheres

Das Agências
A+ A-

O médium João de Deus, preso desde o dia 16, prestou depoimento ontem, no Ministério Público de Goiás, e disse que "não se lembra" das mulheres que o denunciaram por abuso sexual. Durante uma hora e meia, promotores de Justiça fizeram perguntas específicas sobre três casos – dois de violência sexual mediante fraude e um de estupro de vulnerável. "O senhor se lembra disso?", indagaram. "Não, absolutamente isso não acontece", negou João. Indagado sobre os nomes das mulheres, o médium disse que "não se lembra".