Viver Bem

Seg, 24/12/2018 às 13h10 | Atualizado em: 24/12/2018 às 13h14


Viver Bem

Especialista dá dicas sobre cuidados com a hidratação no verão

Nágila Santana
A+ A-
A água é responsável por levar os micronutrientes para as células - Reprodução
A água é responsável por levar os micronutrientes para as células
Reprodução

“Já pintou verão, calor no coração”, e os termômetros começam a registrar temperaturas cada vez mais altas. Com isso, fica complicado manter-se hidratado. Afinal, há uma grande perda de água pelo organismo, surgindo a desidratação.

Fator comum neste período do ano, mas que pode ser evitado com boa alimentação e a ingestão de líquidos. Como explica a endocrinologista Gláucia Berreta Ruggeri. “A água pura é prioritária para a nossa hidratação, mas você pode ingeri-la de formas distintas, como acrescentando folhas de hortelã fresco na alimentação, além de fatias finas de gengibre, maçã e rodelas de limão. Você ainda pode ingerir a água na forma de chás diversos”, revela.

A água é essencial para a vida. Por este motivo, ter uma hidratação adequada é fundamental. “Ela desempenha diferentes papéis em nosso organismo. Responsável por levar os micronutrientes para dentro das nossas células, auxilia no processo digestivo e funcionamento dos rins, contribuindo para a eliminação de toxinas e funcionamento do cérebro e músculos, além de contribuir na regulação da temperatura corporal”, explica a especialista.

Quando as perdas de água tornam-se maiores que a reposição, o organismo entra em processo de desidratação, o que é extremamente perigoso. Em casos extremos, pode ser fatal.

A prevenção ao sol também é importante para manter-se hidratado. “Para prevenir a insolação, evite exposição solar no horário compreendido entre 10 e 16 horas, hidrate-se com frequência (não espere ter sede), beba água e sucos com frequência, use chapéu ou boné, procure ambientes ventilados e coma verduras, legumes e frutas”, disse Gláucia Berreta Ruggeri.

Os pequenos merecem atenção especial em relação ao assunto 

Para a especialista, em relação às crianças, os cuidados devem ser redobrados, devido à perda excessiva de líquido pelo suor. “Segundo a recomendação da Academia Americana de Pediatria, crianças de um a três anos devem beber quatro copos de água por dia (200 ml cada um). De quatro a oito anos, a recomendação é de cinco copos e, de nove a 13 anos, o ideal é beber sete copos por dia, para a meninas, e oito para os meninos”, diz Gláucia.

Consumo por dia

“A recomendação que devemos ingerir oito copos de água ao dia não é tão relevante, pois não leva em conta aspectos importantes que exijam um consumo maior de água. Não espere ter sede para fazer a ingestão”, pontua a endocrinologista.