Nas Ruas

Qua, 19/12/2018 às 08h05


Nas Ruas

Ação Milhões desviados da saúde em Feira

Catarina Lopes*
A+ A-
MP combate organização que desviou R$ 100 milhões destinados a saúde na Bahia - Receita Federal do Brasil/Divulgação
MP combate organização que desviou R$ 100 milhões destinados a saúde na Bahia
Receita Federal do Brasil/Divulgação

Uma organização criminosa responsável por desviar milhões da saúde é desarticulada em Feira de Santana.

Isso se deve à Operação Pityocampa, que é resultado de uma investigação iniciada em 2016 pela Promotoria de Justiça de Feira de Santana, em parceria com a Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco).

Durante fiscalização da Controladoria-Geral da União em Feira de Santana, foram identificadas irregularidades nos processos de contratação, como problemas na cotação dos preços para o orçamento de referência e favorecimento para a cooperativa investigada, além da falta de controle sobre os pagamentos realizados.

Já nas investigações da Gaeco, foi verificada fraude nas escalas de plantão de médicos, odontólogos e enfermeiros, que criavam excedentes financeiros. Esses excedentes passavam por contas de laranjas e empresas de fachada, ou seja, lavagem de dinheiro, antes de serem repassados aos integrantes da organização criminosa.

Isso gerou um prejuízo de 24 milhões de reais entre 2016 e 2017 para a administração municipal de Feira. Mas a cooperativa também atuava em outros municípios baianos, e é estimado desvia de mais de 100 milhões de reais nos últimos três anos.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira