Esporte

Sáb, 03/11/2018 às 09h44


Esporte

Boxe profissional: Hora de ir pra cima de rival canadense

Aurélio Lima
A+ A-
Baiano sabe que a parada desta noite não será fácil - Luiz Menezes / Divulgação
Baiano sabe que a parada desta noite não será fácil
Luiz Menezes / Divulgação

Cada uma das nove lutas vencidas até agora pelo baiano Robson Conceição, na categoria superpena do boxe profissional, vem aproximando o atleta baiano do título da categoria e de adversários mais 'casca grossas' do que os anteriores.

O desafio da vez será bater o canadense Joey Laviolette, na décima luta do baiano, marcada para hoje à noite, com previsão de início às 21h30 (horário da Bahia), em El Paso, estado do Texas, nos Estados Unidos. A luta terá transmissão no canal fechado Combate 2, que será aberto exclusivamente para exibir o confronto de Robson.

Focado no cinturão, Robson já tem decorado o currículo do oponente de hoje no ringue. "Laviolette tem dez lutas e só uma derrota. Creio que será a minha luta mais difícil da série. Este, sim, será um teste para ver se a gente está pronto para desafiar os campeões", comentou o baiano, no intervalo de um dos treinos nos EUA.

Assim como Robson Conceição, o lutador canadense tem 30 anos. Seu cartel é de nove vitórias, cinco das quais por nocaute, e um único revés. Já o boxeador baiano está invicto e também conquistou cinco nocautes nas suas nove lutas.

A expectativa é enfrentar um adversário parecido com o norte-americano Clay Burns, que Conceição venceu por pontos em sua estreia no boxe profissional. Cada vitória tem tornado inevitável a Robson focar no título da categoria. "Estou pronto para disputar o título mundial depois dessas lutas", disse o campeão olímpico.

As lutas a que ele se refere são, além do confronto de hoje contra Joey Laviolette, uma última, que deve ocorrer ainda em dezembro.

Pelos cálculos do pugilista, ele terá o direito a desafiar o campeão mundial da categoria com 11 duelos como profissional.