Te Contei?

Sex, 02/11/2018 | Atualizado em: 02/11/2018 às 05h00


Te Contei?

Batalha de Pagode É pra quebrar tudo em festival

Aina Soledad
A+ A-

Quem gosta de meter dança ao som da quebradeira do pagode não pode ficar de fora da Batalha do Pagode da 2ª edição do Encontro Periférico de Artes (EPA). A dança vai rolar solta nos dias 17 e 18 de novembro. Mas tem que correr para realizar as inscrições, que ocorrem até o próximo domingo, 04, no site da ExperimentandoNus Cia de Dança. No primeiro dia será a fase classificatória da Batalha no Espaço Xisto, nos Barris. No segundo dia será a final no Teatro Gregório de Matos. Os vencedores da Batalha serão premiados com quantias em dinheiro. Os primeiros colocados das categorias feminina e masculina receberão R$ 700. Quem ficar em segundo lugar não vai soltar de mão abanando para casa, o prêmio será de R$ 400,00.Segundo Inah Irenan, diretora geral do festival, a Batalha já conta com cerca de 40 inscritos de Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari. "Por pesquisar sobre pagode há seis anos, percebemos a necessidade de falar sobre esse ritmo, que é a cara da Bahia, e mostrar que ele não tem só a forma pejorativa como muitos dizem", ressaltou, ao completar que a Batalha é um dos momentos mais esperados do evento.

A Batalha do Pagode foi inspirada nos passinhos do Rio de Janeiro. De acordo com Inar, trata-se de uma releitura no ritmo do pagode da Bahia em uma disputa individual, de com duração de 30 segundos em uma apresentação onde o jurado e o público devem decidir quem tem mais 'molejo no corpo'.