Tá Quente!

Seg, 29/10/2018 | Atualizado em: 29/10/2018 às 05h00


Tá Quente!

Tudo certo TRE-BA apresenta balanço das urnas

Da redação
A+ A-

Até o fim da manhã de ontem , cerca de 35 urnas eletrônicas em todo o estado tiveram problemas. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), desse total, 11 precisaram ser substituídas.

A maioria dos casos ocorreu devido a falhas no terminal dos mesários ou não funcionamento total da urna (não ligou), como informou o Tribunal.

Duas das substituições ocorreram em Salvador. As outras cidades foram Alagoinhas (3), Aramari (1), Capim Grosso (1), Vitória da Conquista (2), Livramento de Nossa Senhora (1) e Barreiras (1).

Em Condeúba (a 647 km de Salvador) houve queda de energia elétrica e, por isso, atrasos foram registrados em quatro locais de votação na cidade.

Em entrevista coletiva realizada durante as eleições do 2° turno, o presidente do TRE-BA, José Rotondano comentou sobre o número de urnas com problemas e a substituição das mesmas em algumas cidades no estado.

"O defeito acontece por diversas ações, uma queda de energia, o transporte até chegar ao local de votação entre outros motivos, em sua maioria fatores externos. Como já disse, é uma máquina. Para ela estar funcionando bem, tem que estar perfeita. Acredito que a maioria dessas urnas tenham sido prejudicadas por essa falta de fornecimento de energia em Bom Jesus da Lapa e Barreiras, por exemplo. Tem também a questão das chuvas fortes que influenciam no andamento", afirmou o presidente.

Já em relação ao cenário nacional, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o Brasil, foram feitas 912 substituições de urnas eletrônicas com defeito até o final do dia. O número representa 0,95% do total de 454.493 mil urnas utilizadas e somente em quatro seções houve votação manual, com urna de lona e cédulas de papel.