Plantão

Seg, 29/10/2018 | Atualizado em: 29/10/2018 às 05h00


Plantão

Assaltante de carro é morto no meio da rua

ANDREZZA MOURA
A+ A-

A Polícia Civil tenta identificar os homens suspeitos de executar a tiros Melquisedeque Santos de Castro, no final da manhã de ontem, na Avenida San Martin, próximo à Igreja Universal.

O homem foi morto com dez tiros, oito do lado esquerdo do tórax e dois no antebraço esquerdo, minutos depois de roubar o carro de uma policial militar, no Largo do Tanque.

Segundo uma testemunha, o homem foi surpreendido por uma dupla que estava em uma moto, quando seguia sentido Rótula do Abacaxi. Ele dirigia o veículo da Pfem, um Fiat Celta marrom.

"Os caras se aproximaram do carro, um deu um tiro para cima para ele [Melquisedeque] parar. Ele parou, abriu a porta e estava descendo como se fosse se render, aí atiraram. Ele caiu deitado no banco do carona, aí os PMs tiram ele de dentro do carro e jogaram aí no chão", afirmou uma mulher, sem se identificar.

Segundo ela, quando foi tirado de dentro do veículo, o homem ainda estava vivo e pedia ajuda. "Fui uma das primeiras [pessoas] a chegar. Quando cheguei lá, ele estava pedindo socorro", completou a testemunha.