Esporte

Seg, 29/10/2018 | Atualizado em: 29/10/2018 às 05h00


Esporte

Vacilo custa caro ao Baêa

Léo Santana
A+ A-

O Bahia esteve bem próximo de arrancar um pontinho importante na Arena Itaquerão na luta contra o rebaixamento no Brasileirão, quando empatava em 1 a 1 com o Corinthians, no último sábado, e a partida se encaminhava para o final. Porém, em uma falha defensiva, aos 43 minutos do segundo tempo, o veterano Danilo decretou a vitória corintiana e frustrou as pretensões tricolores em São Paulo.

Após o duelo, o técnico Enderson Moreira reconheceu que a equipe vacilou e não soube administrar o resultado que era favorável. "Faltou um pouquinho mais de atenção para segurar o resultado. Estava acabando já. Poderia ter controlado um pouco mais o jogo", apontou.

Sem tempo para lamentações, o treinador já mudou o foco dos jogadores para o confronto diante do Atlético-PR, pela Sul-Americana, e aproveitou para criticar o calendário do futebol brasileiro. "Nosso problema não é uma questão emocional, é o desgaste da sequência de jogos. Ninguém no Brasil jogou mais que o Bahia. Enquanto tem jogadores fazendo 40 jogos, os nossos estão fazendo 60", resumiu.

Diante do Furacão, o Bahia vai chegar ao 68º jogo na temporada, sendo o clube da Série A que mais atuou neste ano.