Viver Bem

Seg, 29/10/2018 | Atualizado em: 29/10/2018 às 05h00


Viver Bem

Rastreamento pode curar

Nágila Santana
A+ A-

O câncer de próstata é muito comum nos homens, especialmente após os 50 anos de idade. Não produz sintomas na fase inicial, mas pode manifestar-se através de sinais como dificuldade em urinar ou urina escura, por exemplo, que é comum a outros problemas como hiperplasia benigna da próstata.

"O câncer de próstata é uma alteração na glândula da próstata que tem um crescimento desregular, podendo se expandir pelo corpo, como a maioria dos tumores. Provocando dor e mau funcionamento de alguns órgãos", explica o urologista Lucas Batista.

No próximo mês, a campanha de conscientização dos homens, denominada Novembro Azul, vai alertar sobre as doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Quando é descoberto ainda na fase inicial, tem maiores chances de cura. "A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens a partir de 50 anos procurem um profissional especializado para avaliação. Os da raça negra ou com parentes de primeiro grau que tiveram esse tipo de câncer devem começar aos 45 anos", destaca o especialista.

Geralmente, seu tratamento pode ser feito com cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, dependendo do estágio da doença.

"Nenhum fator ambiental ou dietético específico demonstrou forte associação positiva com o tumor prostático, sendo recomendada, de modo geral, a adoção de hábitos de vida saudáveis como medida de prevenção de doenças", detalha.

Por conta de ainda ter muita dificuldade para a prevenção – a doença não tem uma causa específica –, a avaliação urológica rotineira é imprescindível para a detecção precoce e o combate.