Te Contei?

Sáb, 27/10/2018 | Atualizado em: 27/10/2018 às 05h02


Te Contei?

Desordem é quebradeira Festa gratuita vai rolar no Bombar, no Rio Vermelho

Aina Soledad
A+ A-

'Sabadou' e o final de semana promete! Mesmo no fim do mês, com grana curta, o que vale mesmo é quebrar ao som do pagodão que vai rolar na primeira edição da festa Desordem, hoje, a partir das 22h, no Bombar, no Rio Vermelho. E o melhor: a entrada é totalmente '0800'. Por lá, a galera vai meter dança ao som dos DJs Jack Nascimento, Gabi da OXE e Assis.

No dicionário, a palavra desordem está diretamente associada a desarranjo, desarrumação. No entanto, a proposta do show é totalmente contrária ao significado dos livros. "Desordem é uma mistura de ritmos que passeiam pela quebradeira do pagode e o tropical bass", explicou Gabriela Souza, que é sócia do Bombar e sócia-produtora do Coletivo Oxe071. A Desordem nada mais é que uma mistura de ritmos e tribos, aliada ao cenário alternativo do Bombar.

Embora essa seja a primeira edição da Desordem no local, os planos do grupo para 'ferver' a noite boêmia do Rio Vermelho não param por aí. Eles, que não são bobos nem nada, já articulam alguns projetos e pretendem, inclusive, trazer, aos poucos, as festas que já são sucesso do Coletivo 071 para o bar. E claro: "garantindo a mesma 'vibe' e pulsação de sempre", afirmou Gabriela Souza.