Esporte

Sáb, 27/10/2018 | Atualizado em: 27/10/2018 às 05h02


Esporte

Revés e aflição no Barradão

Léo Santana
A+ A-

O Vitória vacilou e foi derrotado pelo São Paulo por 1 a 0, na noite de ontem, em pleno Barradão, e se afundando ainda mais na zona de rebaixamento do Brasileirão. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Bruno Alves para o Tricolor paulista.

Com o resultado negativo, o Leão chega a sexta derrota em casa e permanece com 33 pontos, na 17ª colocação da competição nacional. A situação fica ainda mais complicada para a equipe rubro-negra após este revés, já que ainda pode ser ultrapassada na tabela de classificação por Chapecoense e Sport no complemento da rodada.

O duelo começou bastante movimentado no estádio Manoel Barradas e a primeira chance de perigo foi do São Paulo com 13 minutos. Os visitantes se aproveitaram de uma falha de Erick na saída de bola e Rojas cabeceou para a defesa do goleiro Ronaldo.

A resposta rubro-negra veio logo em seguida, aos 15 minutos. O centroavante Maurício Cordeiro aproveitou boa trama do ataque do Leão e chutou para fora de esquerda, dando um susto no goleiro Jean.

Aos 21 minutos, Diego Souza exigiu boa intervenção do arqueiro Ronaldo após um chute dentro da grande área. O Vitória reagiu com Rhayner na sequência, em uma excelente finalização, que levou perigo ao gol paulista.

De tanto insistir, o São Paulo abriu o placar aos 36 minutos. Após triangulação do ataque tricolor, a bola sobrou para o zagueiro Bruno Alves, que soltou a bomba e anotou o gol dos visitantes.

No segundo tempo, a primeira boa chance foi do Vitória. O atacante Neilton, que havia entrado no intervalo do jogo no lugar de Erick, arriscou um bom chute para intervenção do arqueiro do São Paulo.

O atacante Rojas respondeu aos 16 minutos, quando finalizou de esquerda. A bola passou raspando a trave de Ronaldo. No lance, o equatoriano se machucou e teve de sair de campo.

A partida caiu bastante de ritmo nos 45 minutos finais, já que os visitantes passaram a 'cozinhar' o jogo. O Leão só chegou com perigo mais duas vezes, em um lance com Maurício Cordeiro, que exigiu boa defesa de Jean, e com Wallyson, nos acréscimos, em cobrança de falta para fora.

O apito final do juiz decretou mais uma derrota do Leão em casa. E, após o término do confronto, o arqueiro Jean ainda foi expulso por conta de provocações à torcida do Vitória, que quase acarretaram em uma confusão generalizada no gramado do Barradão.