Te Contei?

Qui, 25/10/2018 | Atualizado em: 25/10/2018 às 05h01


Te Contei?

Grupo quer 'voar' alto no cenário Balaio de Gato é sucesso, pai

Aina Soledá
A+ A-

O que antes era apenas uma reunião onde rolava um som para os amantes do samba tornou-se a consolidação de um grupo que vem conquistando espaço no cenário do ritmo na Bahia e que coleciona fãs por onde passa.

Assim nasceu a banda Balaio de Gato, há um ano e meio, no Pelourinho, no Centro Cultural que deu origem ao nome do grupo.

Sob o comando de Pantera e Everson Aquino, o Balaio de Gato tem três músicas de trabalho e já ensaia a gravação do primeiro EP, que, segundo Pantera, vocalista da banda, vai abalar as plataformas digitais e colocar todo mundo para sambar.

Com 'Ela é do Bereguedê', 'Cigana' e 'Samba Aí', o músico promete que ninguém vai segurar o Balaio até a folia momesca. "É sucesso para a galera sambar até o carnaval", contou.

O 'Pantera' que comanda o vocal do Balaio nasceu no Engenho Velho da Federação e se inspira em cantores da samba de raiz, como Nelson Rufino, Batatinha e Ederaldo Gentil, para fazer um samba da melhor qualidade para a galera.

Para os admiradores e músicos do grupo, as terças-feiras têm um significado especial. Nelas acontecem os ensaios do grupo no 'berço' do Balaio, a partir das 21h, no coração da cidade, no Centro Histórico. Já nos domingos, a partir das 13h, a Feira de São Joaquim ganha um 'aperitivo' especial com a apresentação do grupo durante o projeto Samba na Feira.

Embora o nome do grupo sugira um verdadeiro balaio de gato, o vocalista, Jonilson Pantera, ganhou o apelido durante passagem por outro banda musical (detalhes no box que fica ao lado).