Nas Ruas

Seg, 08/10/2018 | Atualizado em: 08/10/2018 às 07h05


Nas Ruas

Soberano Rui Costa segue no comando do Governo da Bahia

Yuri Pastori e Felipe Santana
A+ A-

A TARDE BA

Com uma vitória expressiva, a maior da história da Bahia para um governador de Estado, Rui Costa(PT) foi reeleito no 1º turno ao Palácio de Ondina. Ele defendeu que nos próximos quatro anos vai priorizar as áreas de educação e segurança pública.

Além disso, pregou uma união nacional em torno da candidatura de Fernando Haddad (PT) no 2º turno da eleição presidencial. "Não será um governo do PT. Será um governo de todos os líderes e de todo povo brasileiro", defendeu o petista, que admitiu até conversar com tradicionais partidos adversários, PSDB e DEM.

O governador disse que já expressou essa ideia à Haddad e prometeu se dedicar, a partir de agora, para eleger o presidenciável do seu partido. Sobre um possível apoio do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), Rui foi taxativo. "Eu não quero especular o apoio dos outros, vou conversar com todo mundo, sem exceção".

Uma das intenções do governador é melhorar a segurança pública do estado e, para isso, pretende contar com o apoio federal. "É um item que precisa de intervenção federal, inclusive de mudança da legislação. Temos dois senadores eleitos (Jaques Wagner e Angelo Coronel) e já conversei com Haddad em Feira de Santana. Precisamos conversar com o Congresso Nacional para endurecer a lei, pelo menos com os crimes de homicídio", disse.

Rui votou pela manhã no Colégio Estadual Duque de Caxias, no bairro da Liberdade, e esperou pouco mais de uma hora na fila.

Para o historiador e analista político Carlos Zacarias, a vitória de Rui consolida a hegemonia do PT na Bahia e credencia o partido a disputar a prefeitura da capital baiana em 2020 . "ACM Neto é, em Salvador e na Bahia como um todo, o maior derrotado, porque não emplacou as candidaturas de Geraldo Alckmin e Zé Ronaldo", analisou, citando também a derrota do favorito Irmão Lázaro (PSC) ao Senado.

Momentos antes do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) confirmar a reeleição de Rui Costa, o clima na região do Rio Vermelho já era de festa. Na noite de ontem, uma multidão de apoiadores do PT se reuniu no tradicional Largo da Dinha para comemorar a vitória esmagadora de Rui sobre os concorrentes.

A chegada do governador era aguardada por cerca de duas mil pessoas. No local, hinos de vitória, bandeiras e fogos de artifício anunciavam a chegada do governador reeleito.

Acompanhado do vice-governador João Leão (PP) e dos candidatos eleitos ao senado, Ângelo Coronel (PSD) e Jaques Wagner (PT), Rui chegou em carro aberto e seguiu para um trio elétrico para festejar a vitória.