Nas Ruas

Sex, 05/10/2018 | Atualizado em: 05/10/2018 às 11h40


Nas Ruas

Julgamento: Matou adolescente e vai responder em liberdade!

ANDREZZA MOURA
A+ A-

Após oito horas de julgamento no Fórum Ruy Barbosa, em Nazaré, a juíza de direito Gelzi Maria Almeida Souza leu a sentença condenando a merendeira Aline Alves Santos de Sousa, 25 anos, a quatro anos de reclusão pela morte da adolescente Ingrid Lima dos Santos, no dia 20 de fevereiro de 2016, em Jardim Cajazeiras. Ingrid foi morta com uma facada no peito ao tentar defender a mãe.

Aline foi condenada, ontem, pela maioria dos votos do júri popular, pelo crime de homicídio privilegiado [quando o crime é impelido por motivo de relevante valor social ou moral, ou sob o domínio de violenta emoção]. Ela continuará respondendo em liberdade, pois é ré primária, tem moradia fixa e possui boa conduta, segundo a Justiça. Desde 09 de junho de 2016, ela já cumpria a pena em casa.

Durante a maior parte do julgamento, a mãe da adolescente, Cristina Batista Barbosa, ficou do lado de fora da sala do júri. Ela foi a primeira a depor, mas passou mal durante a audiência e precisou ser amparada e retirada do local.

Familiares e amigos de Ingrid também acompanharam a sessão e saíram revoltados com a decisão. A mãe da garota não quis comentar o resultado e não falou com a reportagem.

Já os amigos e familiares de Aline permaneceram até o fim e comemoram com ela a decisão da Justiça. Ela não falou com a imprensa.