Esporte

Ter, 02/10/2018 | Atualizado em: 02/10/2018 às 09h16


Esporte

Vacilo duplo no domingo

Amanda Souza*
A+ A-

Erros de arbitragem têm sido comuns no futebol brasileiro. Na rodada do fim de semana, o Vitória foi seriamente prejudicado com os erros da equipe que apitou o duelo com o Inter. Mas a lambança não ficou por aí.

O árbitro Savio Pereira Sampaio, como diz a gíria baiana, 'peidou na farofa'. Marcou uma falta inexistente, que na cobrança a bola bateu em Lucas Fernandes, fora da área, e ele anotou o pênalti que deu o triunfo ao Colorado.

Naturalmente, a equipe e comissão técnica do Rubro-Negro ficaram revoltadas com a marcação indevida. Mas não passou disso até o apito final.

Aí foi que Neilton 'brilhou': levou um cartão vermelho, mesmo após o fim do jogo, por conta de ofensas.

Na súmula, Sávio justificou a expulsão por xingamentos repetitivos e dedo em riste. "Você é um safado, vai tomar no c... seu ladrão, era isso que você queria seu covarde", bradou Neilton.

E não foi só o camisa 10 do Leão quem resolveu responder ao erro do árbitro com insultos. O auxiliar Rodrigo Carpegiani também foi expulso com a mesma justificativa de conduta incorreta relatada pelo juiz do duelo.

*Sob a supervisão do editor Léo Santana