Plantão

Seg, 01/10/2018 | Atualizado em: 01/10/2018 às 05h01


Plantão

Rivalidade Morto por servir a dois 'senhores'

Euzeni Daltro
A+ A-

Um jovem de 19 anos foi perseguido e assassinado a tiros de diversos calibres, por volta das 13h de ontem, na Rua do Gás, no Vale das Pedrinhas, no complexo de bairros do Nordeste de Amaralina. Informações levantadas no local do crime dão conta de que Carlos Rogério dos Santos Sena, o Juninho, foi executado por homens ligados à facção criminosa Comando da Paz (CP).

Isso porque Carlos Rogério estaria vendendo drogas para duas facções rivais. O tráfico de entorpecentes na região do complexo do Nordeste de Amaralina é controlado pela facção CP.

"Ele andava errado. Era envolvido. Adianta mais o quê falar agora? Não vai trazer ele de volta. O Estado tinha que fazer algo por ele antes dele se envolver e acabar morto. Agora não tem mais jeito", desabafou uma tia da vítima.

Carlos Rogério foi perseguido por um grupo de homens armados. Ele ainda tentou fugir por uma vala pela qual passa um esgoto na Rua do Gás, mas, foi alcançado e executado ali mesmo, na vala do esgoto. Foi necessário levar o corpo para uma área plana para que a perícia pudesse ser feita.

No local, a equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) recolheu dezenas de estojos e projéteis de, pelo menos, três calibres (.40, .45 e 9 mm).

Ele foi baleado em diversas partes do corpo, principalmente na região da cabeça. Foram tantos os tiros nessa região que a equipe do DPT não teve condições de contabilizar as lesões.