Nas Ruas

Seg, 01/10/2018 | Atualizado em: 01/10/2018 às 05h01


Nas Ruas

Fãs de roedores se encontram no Parque

Tânia Araújo
A+ A-

A União de Roedores da Bahia (URB) se reuniu ontem para comemorar o aniversário de um ano do grupo. Os integrantes se conheceram pelo WhatsApp e hoje conta com mais de 100 integrantes, todos com o mesmo interesse: roedores. Para Pedro Felipe, de 13 anos e fundador do grupo, "era necessário nos unirmos para entender mais sobre roedores e ratos, principalmente para acabar com o preconceito", disse.

Adriana Nayan, 45 anos e uma das administradoras da URB, o maior problema é o preconceito. "Eles não transmitem doenças por serem domesticados. Não são como o rato livre, então, se a pessoa não criá-lo solto, jamais transmitirá doenças", conta.