Esporte

Seg, 01/10/2018 | Atualizado em: 01/10/2018 às 11h43


Esporte

Obediência: Hamilton leva GP com jogo de equipe!

Amanda Souza*
A+ A-

O treino classificatório para o GP da Rússia já daria indícios do que poderia acontecer na manhã de domingo, quando aconteceu a corrida.

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, partiu em terceiro e venceu a prova com uma performance impecável, garantido o pole position.

Assim como Bottas, o companheiro de equipe Lewis Hamilton largou na primeira fila. Com o pole, foi o finlandês quem liderou a prova a todo tempo.

As coisas mudaram no fim da corrida, quando o chefe da Mercedes, Toto Wolff, optou por um jogo de equipe e ordenou que as posições fossem invertidas, dando o 1º lugar à Hamilton.

Desta maneira, o britânico Lewis Hamilton chegou à 70ª vitória de sua carreira, a oitava só neste ano.

Além disso, o piloto abriu 50 pontos de vantagem para o segundo colocado da temporada, Sebastian Vettel, faltando apenas 5 corridas para o fim.

Vettel chegou a superar Hamilton em algumas paradas de boxes, mas não sustentou a frente por muito tempo e acabou chegando na terceira posição.

O quarto lugar foi da Ferrari com Kimmi Raikkonen, que não fez uma de suas melhores corridas. Logo atrás veio Marx Vestappen, o grande nome do GP da Rússia.

No dia de seu aniversário, Verstappen largou em 19º e conquistou um incrível quinto lugar pela Red Bull.

O top 10 terminou com Daniel Ricciardo em sexto pela Red Bull, Charles Leclerc em sétimo pela Sauber, Magnussen em oitavo pela Haas e Ocon e Pérez, pela Force India, em nono e décimo.

O próximo compromisso dos corredores é no domingo, dia 7, no GP do Japão, no Circuito de Suzuka.

*Sob a supervisão do editor Léo Santana