Plantão

Qua, 26/09/2018 | Atualizado em: 26/09/2018 às 07h01


Plantão

Ladrões 'dançam' com atirador misterioso

Euzeni Daltro
A+ A-

O homem que atirou nos dois suspeitos de praticar roubos na noite de segunda-feira (24), em Mussurunga I, nem era o alvo da ação criminosa. Mas, reagiu assim mesmo. Ele jogou o carro Fiat Palio branco sobre a moto na qual os suspeitos estavam, saiu do veículo e atirou neles. Um dos criminosos morreu no local, no antigo final de linha do Setor G, em Mussurunga I.

No momento da reação do desconhecido, o alvo dos bandidos era uma mulher, que falava ao celular enquanto caminhava para buscar o filho na escola, conforme relatos de moradores. Era pouco mais de 18h.

"Os bandidos estavam em uma moto. Eles passaram por ela e, quando perceberam o celular, fizeram a volta e roubaram o aparelho. Mas, logo em seguida, o homem do Palio atirou neles", contou uma moradora, sob anonimato. "A ação foi tão rápida que, quando ouviu os tiros, a mulher correu pensando que os caras estavam 'dando' nela. Mas eram eles que já estavam tomando os tiros", acrescentou. O condutor da moto morreu no local. O carona foi baleado no tórax e espancado pela população. Populares atearam fogo à motocicleta usada pelos bandidos, uma Honda Tornado preta. "Essa moto já foi vista em vários assaltos aqui", disse outra moradora.