Tá Quente!

Qua, 19/09/2018 | Atualizado em: 19/09/2018 às 10h48


Tá Quente!

Tá demais! Nesse 'zapzap' só se fala de política

Amanda Silva
A+ A-

A TARDE SP

Um estudo realizado pela UFMG, em parceria com a PUC-MG, revelou que, no Brasil, só se fala sobre assuntos políticos em grupos de WhatsApp. Os dados foram coletados entre janeiro e abril deste ano com mensagens de textos e títulos de vídeos.

Lula, Bolsonaro, Ciro, Dilma, golpe e impeachment, estão entre os termos mais utilizados nas conversas através do aplicativo. A pesquisa analisou 60 grupos do Brasil nos quais os links para participação são postados na internet e basta clicar para entrar, sem depender de autorização.

Além do Brasil, também foram analisadas conversas da Indonésia e da Índia.Ainda foram comparados dois tipos diferentes de grupos, os que falam de política e os que não. As análises, feitas com base nas características das mensagens, concluíram que os grupos políticos são mais movimentados. Foi possível entender que maior parte dos usuários só observa, sem postar nada.