Esporte

Qua, 12/09/2018 | Atualizado em: 12/09/2018 às 05h00


Esporte

Wild não quer festa por triunfo

Da Redação
A+ A-

Avesso à badalações, o jovem tenista Thiago Wild descartou maiores comemorações ao chegar ao Brasil depois de obter feito histórico nos Estados Unidos, onde se tornou o primeiro brasileiro a faturar o título juvenil do US Open, em Nova York. A celebração foi em família mesmo, como gosta o atleta de apenas 18 anos. O paranaense de Marechal Cândido Rondon ainda processa a conquista que o tornou apenas o segundo tenista do País a vencer um Grand Slam em simples como juvenil - o primeiro foi Tiago Fernandes, no Aberto da Austrália de 2010. "Para a ficha cair, é um pouco complicado porque é algo fora do comum, fora de rotina", disse.