Plantão

Qui, 05/07/2018 | Atualizado em: 05/07/2018 às 05h00


Plantão

Executado Muita bronca no 'currículo'

Andrezza Moura
A+ A-

Franclin Williams de Santana da Cruz, 24 anos, morto na tarde da terça-feira (3), no Vale das Pedrinhas, tinha passagens por roubo e furto de veículos, posse de drogas, porte ilegal de arma e roubo a ônibus, segundo o major Amilton Júnior, comandante da 40ª CIPM (Nordeste de Amaralina).

Pânico, como era mais conhecido, foi executado a tiros por encapuzados, dentro de um carro do aplicativo 99 POP, por volta das 4h50, próximo à localidade Casinhas. Ele estava com a companheira, mas nem a mulher nem o motorista do aplicativo ficaram feridos. Segundo o major, Pânico tinha acabado de sair do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, na Pituba, onde havia prestado esclarecimentos à polícia.

O comandante não soube informar se ele foi ao DHPP para depor como testemunha de algum crime ou como investigado.