Te Contei?

Sex, 22/06/2018 | Atualizado em: 22/06/2018 às 05h00


Te Contei?

Menino baiano: funkeiro raiz com pitada de dendê

A+ A-
>

"Vou terminar com essa bandida" foi a frase que inspirou MC 7Kssio na composição de "Malandra", que ganhou status de hit nacional pouco tempo após seu lançamento. "Ouvi a frase de meu primo, após ele brigar com a namorada e fiquei com ela na cabeça. Eu também tinha brigado com a minha e a situação toda me ajudou a compor", conta o jovem de 21 anos, que escolheu a ex-BBB Jaqueline para contracenar com ele no clipe da canção.

Mas como é que um soteropolitano da Liberdade se atreve a fazer funk e ganhar projeção até no Rio, berço do ritmo? "De fato, os caras me abraçaram. Música não tem fronteira", acredita o rapaz, que admite ser fã de MC Livinho e Ludmilla. "Ela tem presença e sinto que vive a música até na fala. Busco sempre acompanhar a carreira dos dois", conta.

Mas não são só os cariocas que tem vez com 7Kssio. "Gosto de Igor Kannário e Parangolé", diz. A admiração pela quabradeira do grupo baiano é tanta que ele revela, em primeira mão para o MASSA!, que vem parceria por aí. "Vamos lançar juntos a canção 'Desce com tudo'. Será um bom trabalho", garante.

Com apenas um ano e sete meses de estrada como MC, 7Kssio assegura que está com gás de sobra e promete que as novidades não param após cantar junto com Tony Salles. "'As novinhas da favela' chega logo depois", diz.

A vontade de retribuir o carinho com que o público local o recebeu é motivo para ele manter o foco, mas a explicação para a carreira dar certo é outra. "É preciso ter fé, antes de tudo", finaliza.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver