Tá Quente!

Sex, 15/06/2018 | Atualizado em: 15/06/2018 às 05h00


Tá Quente!

STF resolve não 'forçar a barra'

das agências
A+ A-

Por 6 a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem que a condução coercitiva para interrogatórios viola a Constituição. O julgamento foi concluído ontem à tarde, com o voto da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, após já ter sido formada maioria para derrubar a medida, que é um dos pilares da Operação Lava Jato.

O STF, no entanto, decidiu não anular interrogatórios que tenham ocorrido mediante condução coercitiva até a data do julgamento, ou seja, ontem.