Plantão

Qui, 14/06/2018 | Atualizado em: 14/06/2018 às 05h00


Plantão

Assassinato Dia dos namorados macabro tem morte

Euzeni Daltro
A+ A-

Eram 22h40 do Dia dos Namorados. A atendente de pizzaria Suzene Silva dos Santos, 27 anos, foi agredida a golpes de facão no rosto, nos fundos da casa onde morava com o marido, na Rua Beira Rio de Baixo, em Nova Constituinte, Periperi. A jovem foi encontrada com vida por familiares, mas não resistiu aos ferimentos.

Para a família, o companheiro dela, o servente Marcus Vinicius Góis Dórea, 25, é o principal suspeito do crime. "Como é que tem duas pessoas em casa, minha filha e o marido, e matam só ela? Minha filha não tinha envolvimento com nada. Se tinha duas pessoas, porque não matou as duas? Ele tem envolvimento sim", afirmou a mãe da jovem, a agente comunitária Zeni Paula Silva dos Santos, 46.

De acordo com os parentes de Suzene, Marcus Vinicius não foi mais visto no bairro deste o momento do crime. "Eu não posso acusar o cara. Quem acusa é a justiça. Mas ele tinha que vir aqui dar uma justificativa. Ele tinha que dar alguma notícia, mas até agora não apareceu. A família dele não dá notícias. A gente liga para o celular dele, mas não atende. Para mim, ele é suspeito", afirmou o pai da vítima, o carpinteiro José Batista dos Santos Filho, 53 .

Cunhado de Suzene, Antônio André Nascimento dos Santos, 31, contou que Marcus esteve no frigorífico onde ele trabalha, na Feira de São Joaquim, por volta de 1h40 de ontem. Segundo ele, o suspeito estava muito nervoso e disse que iria para a casa da mãe, no Nordeste de Amaralina.