Plantão

Ter, 12/06/2018 | Atualizado em: 12/06/2018 às 05h00


Plantão

Polícia investiga garis por morte

ANDREZZA MOURA
A+ A-

Uma das linhas de investigação seguida pela delegada Maria Selma Lima, titular da 16ª Delegacia (Pituba), aponta que o empresário Luciano Rodrigues Vieira, 43 anos, pode ter sido agredido por garis durante um desentendimento, na madrugada do sábado (9), na Rua Engenheiro Adhemar Fontes, na Pituba, momentos antes dele morrer no Hospital Geral do Estado (HGE).

A delegada revelou que imagens das câmeras de segurança de um dos prédios da rua onde o empresário foi encontrado machucado mostram uma confusão entre ele e alguns funcionários de uma empresa de coleta de lixo. Contudo, ela afirmou que ainda é prematuro dizer se Luciano foi realmente agredido pelos rapazes.

"Antes da confusão, ele [vítima] passa andando ao lado do caminhão. Vimos que houve uma briga, essa é uma das hipóteses. Mas só depois que as imagens forem melhoradas poderemos confirmar isso, estamos depurando as imagens", disse ela.

Ainda de acordo com a delegada, é possível que Luciano tenha se desentendido com os garis após ser fechado pelo caminhão.

"Parece que, quando ele passa andando, o caminhão dá um esbarrão e ele cai. Ele pode ter ido tirar satisfação. Estamos puxando outras imagens", declarou a titular.