Ter, 12/06/2018 | Atualizado em: 12/06/2018 às 05h00

D'Ávila 'Projeto de Temer é destruir o país'

Nágila Santana
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Em sua passagem por Salvador, a pré-candidata à presidência da república pelo PCdoB, Manuela D'Ávila, concedeu entrevista à imprensa, na qual reafirmou que abdicaria de sua candidatura em nome da união dos partidos políticos de esquerda. Ressaltou, no entanto, que isso não deve ocorrer no primeiro turno.

Ao falar sobre os seus adversários, Manuela chamou o atual presidente Michel Temer (MDB) de "fantasma" e críticou o governo, além de afirmar que outros candidatos tem o mesmo projeto político de Temer. O título de "fantasma" atribuído ao presidente pela candidata, se deve à maneira como o político atua em sua gestão. "Temer não representa a si mesmo. Temer é um fantasma que representa um projeto, de destruição do Brasil, de retirada de direitos do nosso povo", enfatizou.

Quando questionada sobre o nome de Wagner como o 'plano B' do PT, Manuela foi objetiva. "Esse é um debate do PT. Eu sou a pré-candidata do PCdoB", disse.