Sex, 08/06/2018 | Atualizado em: 08/06/2018 às 05h00

Prefeito é punido por contratar falsos médicos

Aina soledad
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A TARDE SP

Uma indicação de Whatsapp foi o suficiente para a prefeitura de Candeias contratar um suposto casal de médicos para atuar num posto de saúde do município. Vereadores da cidade denunciaram os falsários ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que multaram o prefeito, Pitágoras da Silva Ibiapina (PP), que é médico, e a secretária de saúde, Soraia Matos Cabral. ambos terá de pagar multas de R$ 6 mil e R$ 2 mil, respectivamente.

Os gestores argumentam que desconhecem as contratações e atribuem as admissões dos falsos médicos ao diretor do posto de saúde. O TCM está na bronca e diz que a administração municipal também é responsável pelo erro.

O Ministério Público de Contas disse que a forma de contratação escolhida abre brecha para admitir profissionais sem qualificação. Prefeito e secretária de saúde, que são casados, podem recorrer da decisão.