Sex, 08/06/2018 | Atualizado em: 08/06/2018 às 05h00

Deu sono Visita de Alckmin foi sem 'sabor'

Tânia Araújo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) esteve em Salvador ontem e não demonstrou muito entusiasmo em sua visita. Ele veio à boa terra para receber o título de cidadão baiano na Assembleia Legislativa da Bahia.

Em coletiva de imprensa, o ex-governador de São Paulo se esquivou, evitando responder a maior parte das perguntas dos repórteres. Quando se referiu a um dos concorrentes, o deputado Jair Bolsonaro (PSL), o tucano afirmou que "desemprego não se resolve na bala, mas com competitividade, confiança e investimento", lembrando também que não se resolve o problema da educação e da saúde "na bala". Para ele, as pesquisas não preveem os resultados da eleição, citando o exemplo de São Paulo, onde João Dória (PSDB) aparecia como último colocado nas pesquisas, mas foi eleito prefeito. Então, para Alckmin, o candidato que está decolando atualmente nas pesquisas não definirá as eleições, pois "quem decola é avião".