Qua, 06/06/2018 | Atualizado em: 06/06/2018 às 05h00

Travesti é executada com vários balaços

Da Redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Uma travesti de 19 anos foi assassinada a tiros, por volta das 22h de segunda-feira (4), na Rua Boa Esperança, no Alto do Peru. Vitor, como era conhecida, ainda foi levada por familiares à UPA na Avenida San Martin, onde morreu. A família da travesti não foi encontrada pela reportagem, ontem pela manhã, no Instituto Médico-Legal Nina Rodrigues (IMLNR). Até a tarde, o corpo dela permanecia no IMLNR, sem identificação. A Polícia Militar informou que policiais da 9ª CIPM (Pirajá) fizeram rondas na região, mas nenhum suspeito foi localizado. A assessoria da Polícia Civil não forneceu informações sobre o crime até o fechamento desta edição.