Qua, 06/06/2018 | Atualizado em: 06/06/2018 às 05h00

De novo! Defesa tenta tirar Lula do xadrez

Leandro duarte/A TARDE SP
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva apresentou ontem, recursos junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) para, mais uma vez, tentar tirar o ex-presidente da prisão. A ideia é suspender a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) na ação no caso do Triplex do Guarujá, que condenou o petista a 12 anos e um mês de prisão.

Na avaliação dos advogados Cristiano e Valeska Zanin, que defendem Lula, os pedidos mostram que recursos anteriores registrados no TRF4 são admissíveis.

Para eles, "não é possível manter o ex-presidente Lula privado de sua liberdade — por força de uma execução antecipada de pena — antes que tais recursos sejam julgados pelo STJ e pelo STF", afirmam os advogados em nota.

A defesa citou a carta de João Vaccari Neto, contrária ao depoimento de Léo Pinheiro, que embasou a condenação do petista.