Ter, 05/06/2018 | Atualizado em: 05/06/2018 às 12h50

Encanador é preso por matar a esposa

Jefferson domingos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O encanador Ivan Santos de Jesus, 32 anos, foi preso no último final de semana suspeito de espancar sua esposa, a manicure Ana Mélia dos Santos, 36, no dia 20 de maio. O homem se entregou na 22ª Delegacia Territorial (Simões Filho), acompanhado de um advogado, no domingo.

"Foi um alívio a prisão dele. Agora temos que tocar a vida. Minha mãe que desaba sempre quando lemba", disse Paulo Roberto, 40, irmão da vítima

De acordo com informações da Polícia Civil, Ivan estava foragido desde o dia em que agrediu a mulher na casa onde morava, na Rua da Linha, no bairro de Aratu, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), por volta das 8h. Segundo a família, o encanador chegou em casa no dia do crime, de madrugada, após sair de uma festa na companhia de um amigo, que acabou dormindo na residência do casal.

No início da manhã, Ivan ficou com ciúmes do amigo e iniciou uma briga com a esposa. O amigo foi embora e Ivan passou a desferir socos e pontapés. Mel, como era conhecida, foi socorrida pelo irmão, que a levou para o Hospital do Subúrbio, na capital, onde deu entrada na unidade de saúde com várias escoriações pelo corpo e com o diagnóstico de traumatismo craniano.

Ela ficou internada durante quase uma semana até morrer, no dia 26. O corpo da manicure foi enterrado no dia seguinte, no Cemitério São Miguel, em Simões Filho.