Ter, 05/06/2018 | Atualizado em: 05/06/2018 às 12h50

Garotinho morre ao ser baleado por amigo

Jefferson domingos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O pequeno Kainan Lino de Oliveira, de apenas 10 anos, morreu após ter sido atingido por um disparo de espingarda disparado acidentalmente por um amigo de 9 anos, no sábado (2), no bairro KM-3, em Jequié, no sudoeste do estado. Segundo a Polícia Civil, o menino responsável pelo tiro convidou dois amigos para brincar no quintal da casa dele. Com o imóvel vazio, o menino acabou encontrando a espingarda do pai, que estava viajando. No manuseio, o equipamento disparou. O tiro atingiu a cabeça de Kainan, que morreu na hora. O corpo dele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Jequié. Segundo a Polícia Civil, o pai do menino que disparou o tiro deve responder por porte ilegal de arma de fogo e por omissão de cautela, por ter permitido o fácil acesso da arma.