Seg, 04/06/2018 | Atualizado em: 04/06/2018 às 05h00

Degraus Escada do buzu causa problemas aos usuários

Victor Rosa*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

As escadas dos ônibus estão se tornando um problemão para a população de Salvador. Quem é idoso ou mamãe ou papai, que carrega uma criança no colo, sofre com a dificuldade para conseguir subir os grandes degraus. "Tenho problemas no joelho e sempre sinto muita dor quando tento subir as escadas do buzu", reclama a senhora Maria das Graças, de 58 anos, moradora da Federação.

A estudante Camila dos Santos, 21, do bairro de Tancredo Neves, denunciou à reportagem do MASSA! que a avó machucou a perna tentando entrar no coletivo. "Ela não conseguiu subir o degrau todo e bateu a perna com força na escada. Isso já tem uns dois meses que aconteceu, mas até hoje o local ainda está com uma mancha roxa", diz.

Além dos acidentes, este problema chega a causar prejuízo financeiro na galera. "Teve uma vez que eu cheguei a rasgar minha saia na hora de levantar a perna para subir no transporte. Perdi a roupa e fiquei morrendo de vergonha", comenta Jaciara Freitas, 62, moradora do Pirajá.

De acordo com Fábio Mota, titular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), "existe um padrão adotado pela Prefeitura de Salvador que garante que todos os ônibus sejam acessíveis à população".

* Sob a supervisão do editor Rafael Tiago Nunes