Seg, 04/06/2018 | Atualizado em: 04/06/2018 às 05h00

Xixi na cama: como lidar com a criança

Camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

camila.jesus@jornaltarde.com.br

A infância é marcada por diversas fases, entre elas estão engatinhar, balbuciar, dar os primeiros passos e, por vezes, fazer xixi na cama. Mas como diz o ditado popular, 'tudo na vida passa' e a enurese noturna é algo que pode acontecer, mas merece atenção.

Segundo a pediatra Kátia Baptista Falcão, da Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), é normal os pequenos urinarem enquanto dormem até os seis anos. "Até essa faixa etária a criança não possui total controle dos esfíncteres, músculos responsáveis pela liberação de urina e fezes", diz.

A especialista relata que a enurese noturna pode ser causada por fatores hereditários. "Se os pais da criança apresentaram o problema, ela tem mais chances de desenvolvê-lo", afirma.

Abuso sexual, estresse e ansiedade também podem desencadear o problema. "Se a criança passa por algum transtorno na escola ou em casa, como a separação dos pais, pode acontecer", complementa.

Mas como dissemos, tudo na vida passa e há tratamento para o problema. "Terapia e medicações podem ser utilizados, isso varia de acordo com o quadro de cada paciente", finaliza.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver