Sáb, 02/06/2018 | Atualizado em: 02/06/2018 às 05h00

São João Seis cidades vão ficar sem festejo

Aina Soledad
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A TARDE SP

As cidades baianas de Simões Filho, Valença, Santa Cruz Cabrália, Porto Seguro, Eunápolis e Camacan cancelaram os festejos juninos por causa dos reflexos da greve dos caminhoneiros.

Neste momento, em que os problemas decorrentes da greve ainda não foram totalmente resolvidos e as perspectivas ainda não são promissoras, os gestores optaram por abdicar dos festejos que marcam o período para continuar garantindo a prestação de serviços essenciais aos cidadãos.

Em Simões Filho, (Grande Salvador), o anúncio do cancelamento do tradicional "Arraiá das Viúvas" foi feito na última segunda-feira (28). Na ocasião, também ficou oficializado o decreto de situação de emergência no município.

A decisão, de acordo com o gestor, é para conter gastos e manter os serviços públicos essenciais, a exemplo do pagamento do 13º salário dos servidores ainda este mês. A festa, que deveria ocorrer entre os dias 29 e 30 de junho, contava com atrações como Flávio José, Gabriel Diniz, Naiara Azevedo e Luan Santana.

Em Valença (a 272 km de Salvador), o cancelamento ocorreu após reunião emergencial na última terça-feira (29) "em virtude das grandes dificuldades econômicas que ocorrem nos meses de junho e julho".

A prefeitura, em nota, informou que a medida foi tomada por vários motivos, dentre eles, o andamento das obras já iniciadas, recuperação nas estradas e queda de receita do ICMS proveniente da greve nacional dos transportes de cargas.