Sex, 01/06/2018 | Atualizado em: 01/06/2018 às 05h00

A Conta Governo sai cortando geral

Das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O governo federal informou ontem que conceder o desconto de R$ 0,30 no valor do litro do diesel na bomba - como parte do acordo com os caminhoneiros para acabar com a greve que bloqueou o país - vai gerar um rombo de R$ 13,5 bilhões aos cofres públicos.

Para compensar o desfalque, o governo acabou com benefícios para a indústria química e quase eliminou incentivos para exportadores. Pior: cancelou parte de gastos na saúde, na educação e de uma série de programas sociais.

Foram reduzidos recursos, por exemplo, para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), com R$ 135 milhões, concessão de bolsas de um programa de estímulo ao fortalecimento de instituições de ensino superior (R$ 55,1 milhões), programas como prevenção e repressão ao tráfico de drogas (R$ 4,1 milhões) e policiamento ostensivo em rodovias e estradas federais (R$ 1,5 milhões).

As medidas já foram publicadas no Diário Oficial da União.