Viver Bem

Seg, 21/05/2018 | Atualizado em: 21/05/2018 às 05h03


Viver Bem

Criançada baiana tem cárie demais

Victor Rosa*
A+ A-

Cada vez mais crianças, adolescentes e jovens vêm apresentando problemas de cárie nos dentes em Salvador. De acordo com a última pesquisa de saúde bucal feita pelo Ministério da Saúde, 88,8% das crianças da capital baiana possuem de cárie, percentual acima da média brasileira, 80,2%.

Segundo o dentista Lucas Andrade, do Hapvida, a cárie é uma infecção bacteriana que pode ser causada por três fatores: higienização, alimentação e predisposição da pessoa. "Não há uma explicação específica para Salvador apresentar número maior. A justificativa pode vir desde a falta de conhecimento até a falta de dinheiro para compra dos materiais necessários para higiene", diz.

A doença pode ser percebida, principalmente, pela forte dor de dente, sensibilidade e coloração escura. Dr. Lucas alerta que para evitar a cárie é preciso escovar os dentes corretamente, pelo menos, três vezes ao dia, usar frequentemente o fio dental e evitar o consumo excessivo de alimentos com muito açúcar, como doces e refrigerantes.

Já o dentista Marcelo Kyrillos, do Grupo Ateliê Oral, alerta para um outro aspecto da cárie em crianças: mesmo que a cárie ocorra nos dentes de leite, que são substituídos pelos permanentes, o risco dela continuar com a doença é alto. "A cárie do dente de leite que cai não vai afetar de forma direta o permanente, no entanto, o novo dente vai crescer em um ambiente com muitas bactérias. É preciso que ela mude os hábitos alimentares e de higiene bucal para não sofrer com este problema quando adolescente ou adulto", comenta.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver