Esporte

Sex, 18/05/2018 | Atualizado em: 18/05/2018 às 05h01


Esporte

Despedida? Apenas da Juventus

Das Agências
A+ A-

Capitão e símbolo da Juventus, Gianluigi Buffon anunciou ontem, em entrevista coletiva, que está deixando o clube de Turim. O goleiro, porém, não confirmou a sua aposentadoria dos gramados, indicando que poderá dar sequência na sua carreira por outro time de fora da Itália.

A expectativa era que Buffon, considerado um dos melhores goleiros de todos os tempos, anunciasse o fim da sua carreira, acompanhado do presidente da Juventus, Andrea Agnelli. Mas não foi isso que aconteceu.

Em vez disso, Buffon, de 40 anos, afirmou que o jogo de amanhã, contra o Verona, pelo Campeonato Italiano, será o último dos seus 656 pela Juventus, mas que ofertas recebidas de outros clubes o levaram a mudar de ideia sobre sua aposentadoria.

"Sábado eu vou jogar uma partida e essa é a única coisa certa. Até cerca de duas semanas atrás, eu estava certo de que iria parar de jogar. Agora, chegaram ofertas para dentro e fora do campo, que me empolgaram... Eu vou deixar passar esses três dias e então vou tomar uma decisão definitiva, calmamente", disse.

Buffon iniciou a sua carreira profissional pelo Parma, se transferindo para a Juventus em 2001. Ele descartou a possibilidade de ir a outro time da Itália ou de divisões inferiores só para continuar nos gramados. "Eu sou um animal competitivo e não teria condições de viver nessa situação", explicou.

O goleiro foi ligado a uma transferência para o Liverpool, que, curiosamente, está na final da Liga dos Campeões, um dos poucos troféus que faltam na sua galeria – ele disputou três decisões do torneio continental e perdeu todas. Rumores indicam sondagens de clubes como PSG e Real Madrid.

"Eu disse que recebi ofertas muito interessantes", contou Buffon, quando perguntado sobre uma mudança para o Campeonato Inglês. "Na próxima semana, uma vez que tudo tenha se acalmado um pouco, vou decidir o que será melhor para mim. Se decidir continuar, será para lutar por coisas grandes".

Buffon ajudou a Juventus a conquistar o sétimo título consecutivo do Campeonato Italiano no domingo, quatro dias depois de o time levar o tetra consecutivo da Copa da Itália.