Qui, 17/05/2018 | Atualizado em: 17/05/2018 às 11h38

Rodoviários querem discutir antes de parar

Anderson Sotero
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A audiência de mediação entre representantes dos sindicatos do rodoviários e o patronal (Integra) realizada ontem, na sede Superintendência Regional do Trabalho (SRT-BA), foi suspensa por não haver propostas por parte dos empresários. O encontro ocorreu após motoristas e cobradores paralisarem parcialmente as atividades nas garagens de um dos três consórcios que operam o transporte público por ônibus em Salvador.

Uma nova tentativa de negociação será feita na próxima segunda-feira, às 11h, também na sede da SRT-BA. Hoje, no en tanto, estão previstas duas assembleias dos rodoviários, às 9h e às 15h, quando será decidido se haverá paralisação no domingo seguinte ao encontro na superintendência. A categoria está em campanha salarial e reivindica aumento de 6%, além de 10% de acréscimo no tíquete-refeição e a não retirada dos postos de trabalho de cobradores.