Qui, 17/05/2018 | Atualizado em: 17/05/2018 às 11h38

Estudante acusa ex de porrada pesada

Paula Pitta
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A estudante de direito Clara Vieira, 20 anos, que é filha do prefeito de Muniz Ferreira, Wellington Vieira, acusa o ex-marido de agressão. Ele é filho do prefeito de Salinas das Margaridas.

O fato teria ocorrido em 8 de maio, mas começou a ganhar repercussão no domingo (13), após a irmã da vítima denunciar o crime no Facebook.

"Cansei de 'considerar' os pedidos pra esconder, de achar que não chegaria a essa gravidade as briguinhas de casal que foram evoluindo e esse monstro chegou a ponto de quase matar minha irmã. Ela que também é mãe, inclusive do filho dele", disse Andressa Vieira, na rede social, em post com as fotos da irmã ferida.

Pelas imagens, é possível ver que Clara estava com os dois olhos roxos, além dos dedos e a orelha feridos. Ela também apresentava marcas de mordidas no braço.

O crime foi cometido na casa de Clara, em Santo Antônio de Jesus. No mesmo dia das agressões, ela registrou queixa contra o ex-marido Filipe Fernandes Pedreira, de 19 anos.