Plantão

Seg, 14/05/2018 | Atualizado em: 14/05/2018 às 05h01


Plantão

Só por Deus Ladrão provoca pânico em igreja

Euzeni Daltro
A+ A-

A intenção de marcar um batizado foi apenas a desculpa que um homem ainda não identificado usou para ter acesso à secretaria da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, no bairro de Nazaré, e roubar um notebook e um celular da paróquia, além dos smartphones de uma funcionária e de uma fiel na manhã do último sábado (12). Com uma pistola em punho, o homem exigia "tudo" sob ameaça de matá-las.

O crime ocorreu por volta das 10h. De acordo com o padre Nilberto Gonzaga, 52 anos, duas funcionárias e uma fiel estavam na secretaria, quando o homem com um classificador em mãos chegou à porta do setor com a justificativa de marcar um batizado.

Uma das funcionárias abriu a porta, que é elétrica e só abre por dentro. Já na secretaria, o homem sacou uma pistola e repetia nervoso "me dê tudo", ao passo que ameaçava atirar contra elas.

"Ele apontou a arma para elas. As funcionárias estão em estado de choque até agora. Só vou saber como vai ficar o funcionamento da secretaria, na terça-feira (15), depois que ver como elas estão", afirmou o padre.

Após roubar os objetos, o homem saiu da secretaria com a arma em punho e fez novas ameaças. "Ele saiu dizendo que, se alguém se aproximasse, ele atiraria. Ele dizia 'Se vier, eu atiro'. Como ninguém queria perder sua vida, deixaram ele ir em paz. É o que desejo para ele: paz. Espero que ele esteja em paz", completou o pároco.