Qui, 10/05/2018 | Atualizado em: 10/05/2018 às 05h01

Dupla usava a capoeira pra abusar de menores

Miriam Hermes
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães (a 940 km de Salvador) divulgou ontem o afastamento, através de exoneração, do servidor público que é suspeito de abusar e estuprar alunos de um projeto social onde ele atuava como professor de capoeira. A suspeita recai também sobre outro mestre de capoeira, que teria participado dos abusos contra crianças e adolescentes. O crime foi denunciado na Polícia Civil da cidade pelo pai de uma das crianças. Ambos foram presos na terça-feira (8), por força de mandados de prisão preventiva. Ontem à tarde os dois, que já estavam sendo investigados há cinco meses, negaram os crimes durante depoimento à Polícia Civil.