Seg, 07/05/2018 | Atualizado em: 07/05/2018 às 05h00

Dor de dente: fuja dela!

camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

>

Ninguém gosta de sentir dor. E quando se trata da saúde bucal, a dor de dente é a 'campeã' de reclamações nos consultórios odontólogicos.

De acordo com a dentista Priscila Carvalho, da clínica Core Odontomédica, uma das principais causas de dor é o avanço da cárie nos dentes. "Ela inicia no esmalte, que é o tecido que reveste o dente, e passa para dentina, outro tecido mais mole e que possui nervos. Se não for tratada, pode chegar à polpa dental, causando um desconforto ainda maior", alerta.

A especialista diz que enquanto a cárie está na dentina e no esmalte, a pessoa sentirá sensibilidade. "A sensação de dor é provocada especialmente ao ingerir alimentos frios ou quentes. Quando atinge a polpa a dor não é provocada, mas espontânea e qualquer coisa causará a dor", alerta.

Dra. Priscila lista, além da cárie, o apertamento e o bruxismo como outras causas do desconforto. "Ambos acontecem principalmente devido a um estilo de vida estressante", afirma.

A dentista recomenda que ao iniciar a dor deve-se buscar imediatamente um especialista. "Somente um profissional poderá identificar qual a origem do problema", destaca.

Mas vale o antigo ditado "Prevenir é o melhor remédio". Saiba como evitar o surgimento da dor de dente nos boxes abaixo, se ligue e dê adeus ao incomôdo!

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver