Sáb, 05/05/2018 | Atualizado em: 05/05/2018 às 05h01

Cheiroso é mais gostoso

Victor Rosa*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A correria do dia-a-dia pode abalar a vida sexual de um casal. Muitos não têm mais tempo ou até vontade de dar uma "namoradinha". A boa notícia é que algumas técnicas podem aguçar o olhar para o ser amado e já querer partir para o "rala e rola". Uma delas é aromaterapia, que usa aromas para despertar esse desejo.

De acordo com a aromaterapeuta Telma Insuela, os cheiros são utilizados de forma afrodisíaca na natureza e não é diferente com os homens e mulheres. "As flores costumam soltar aromas agradáveis para atrair os insetos, seus 'parceiros sexuais'. Depois que conseguem 'fecundar', elas simplesmente param de exalar seu perfume", lembra.

Portanto, o cheiro certo é capaz de levar o casal à loucura na cama. Telma indica aos homens que usem o óleo de sândalo, pois a fragrância desperta o tesão feminino. Na contramão, a especialista recomenda nunca usar perfume de lavanda na hora do "vamos ver", pois é uma essência que traz ao cérebro a recordação da infância e pode fazer dar tudo errado.

Aromas ruins podem não só acabar com o tesão como também afastar a pessoa para sempre. "As fragrâncias ficam na memória e marcam a vida da gente para eternidade. Um cheiro desagradável ou associado a um momento ruim pode criar traumas irrecuperáveis na vida de alguém. Por isso é bom ter muito cuidado. É sempre bom consultar seu parceiro", alerta Telma.

* Sob supervisão da editora Ellen Alaver