Sex, 04/05/2018 | Atualizado em: 04/05/2018 às 05h00

Importante mesmo é começar!

camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A prática de exercícios é sinônimo de qualidade de vida! Mas, para quem está começando, podem surgir algumas dúvidas, entre elas 'aeróbico ou musculação, o que fazer primeiro?'.

Segundo o educador físico Almir Liandro, ambas são importantes, mas a ordem vai depender do objetivo de cada pessoa. "De modo geral, o aeróbico prepara o corpo para outros exercícios e causa menos impacto, o que diminui danos para quem sofre com problemas ósseos, por exemplo", avalia.

O mesmo vale para quem quer emagrecer. "Se a pessoa está acima do peso, as atividades aeróbicas são sempre as mais recomendadas - seja em aulas coletivos ou em aparelhos como esteira ou bike - por conta do gasto calórico elevado", destaca.

Mas a musculação não fica de fora nesses casos. "Ela contribui para o fortalecimento dos músculos. E quanto mais massa magra o organismo tiver, maior será o gasto calórico", esclarece Almir.

Já se o desejo é ganhar massa muscular, a recomendação é realizar a musculação antes do treino aeróbio. "Se você realizar um treino cardiovascular primeiro, pode acabar com boa parte da reserva de energia que será usada pelos músculos, posteriormente na musculação", explica o educador físico Thiago Moreira, da smart Fit.

* Sob supervisão da editora Ellen Alaver